04 maio 2013

"El Nacimiento de una pasión"

"Sandoval: Escribano, ¿qué es Racing para usted?
Escribano: Bueno, es una pasión, querido.
Sandoval: ¿Aunque hace nueve años que no sale campeón?
Escribano: Una pasión es una pasión.
Sandoval: ¿Te das cuenta Benjamín? El tipo puede cambiar de todo: de cara, de casa, de familia, de novia, de religión, de Dios... pero hay una cosa que no puede cambiar, Benjamín... no puede cambiar... de pasión."


Diálogo extraído da mais bela sequência do filme argentino "O Segredo dos seus olhos", de Juan Campanella, vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro em 2010.



"Una pasión es una pasión".

Para seguir em frente com a série literária do blog, fiquem com a indicação de mais um livro em língua espanhola:

























Trata-se de uma obra convencional e o subtítulo evidencia bem tudo o que está por vir: "história dos clubes de futebol". É isso aí, com a advertência de que não se trata da trajetória completa, com as maiores conquistas ou a evolução até os dias de hoje; o objetivo, mais que tudo, é mostrar a origem das principais agremiações do país: a fundação (e os fundadores), as definições e alterações nas cores de camisa e mesmo nos nomes, os apelidos, as rivalidades, as idas e vindas que levaram à fixação em uma região específica ou a mudanças para outros locais. A paixão pelo fútbol vai se desnudando em meio a isso tudo, e é possível ainda conhecer um pouco da história das cidades argentinas, da capital com maior destaque.

São 98 clubes retratados, dos grandes do país, passando pelas forças regionais (de Rosario, Santa Fe, Córdoba, Mendoza...) aos pequenos da província de Buenos Aires: estamos falando de instituições como Almagro, Berazategui, Defensores de Cambaceres, El Porvenir (belíssimo nome), Los Andes, Temperley, Tristán Suárez etc. A divisão em 10 capítulos leva em conta a questão geográfica (River e Boca, juntos em um único capítulo, são a exceção).

O autor, Alejandro Fabri, é jornalista esportivo com passagem por alguns dos principais periódicos do país. Dele é possível encontrar uma série de obras sobre futebol argentino e sul-americano.

###

Onde comprar: o livro não foi traduzido para a nossa língua (e provavelmente nunca será), e, até prova em contrário, só é possível mesmo comprá-lo no país vizinho. Em Buenos Aires, isso é possível em qualquer grande livraria - e também nas pequenas. Se você tiver interesse, recomendo que vá à El Ateneo da Santa Fe, que é, por si só, um ponto turístico.

11 comentários:

Anônimo disse...

Grande destaque para "O Segredo dos seus olhos"!! Filme espetacular. Tenho o DVD pois, além desse diálogo extraordinário, aquela cena em que há uma tomada de cima do estádio repleto e depois há uma aproximação rápida e vão aparecendo os rostos na multidão, também é antológica...Como diria o nosso poeta popular: "Quem nunca curtiu uma paixão, nunca vai ser(ter) nada, não...". Futebol é paixão! Não é espetáculo, não é entretenimento, não é divertimento, não é passatempo...E quem pode explicar uma paixão? Nada como torcer para um clube que nos arrebata de paixão, que nos alegra, nos faz sofrer, nos leva ao delírio, à depressão, à onipotência, ao fracasso, ao grito, ao silêncio, a explosão de alegria e amor em um grito de gol!Como seriam nossas vidas sem esse imenso e visceral sentimento? Paixão eterna pelo Palmeiras! Orgulho em ser palmeirense! Avanti, forza Palestra! Post incrível e necessário, Barneschi! Parabéns! Grande dica de livro!

gregório mattos disse...

nao gostei do post

vazio e sem conteudo

cade a contundencia tradicional do blog?????

mude a linha editorial meu caro

Celso Marcal disse...

Dá pra comprar online pelo site librocity.com.ar, do grupo Clarin. Eles entregam no Brasil, mas precisa comprar uns tres ou quatro a mesmo tempo para justificar o frete.

Marcelo Pivetta disse...

Eu ia comentar exatamente isso. O filme é sensacional e a cena do estádio é de arrepiar!

vitor disse...

opa, tristan suarez me lembra algo.
kkkkkkk.

Barneschi disse...

Vitor
Sim, é que eu estava com o post pronto há tempos, antes mesmo desse jogo. Aí publiquei sem fazer essa conferência final e entrou o Tristan Suarez. Agora vai ficar.

Celso
Obrigado pela dica. Não conhecia esse site.

Anônimo disse...

No mesmo sítio indicado pelo Celso, há mais obras do mesmo autor. Me chamou muito a atenção esse daqui:

http://www.librocity.com/9789876143509/El+Nacimiento+De+Una+Pasion+Continental/

Danilo disse...

obrigado!!! vou pra argentina no proximo mes e tentarei comprar esse livro.

Barneschi disse...

Anônimo,
Cara, esse livro que você indica eu até cheguei a ver nas livrarias de lá, mas ele me pareceu muito fora de propósito. Não tem a mesma pegada do livro sobre os clubes locais, sabe?
Tanto que eu acabei nem comprando.
Abraços

Anônimo disse...

Barneschi,
Entendo sim.
Na realidade fiquei curioso em saber como o Palmeiras foi retratado nessa obra, visto que já disputou várias vezes a referida competição.
Valeu pela dica.

Barneschi disse...

Então, como o cara se preocupou em mostrar todos os times da história da Libertadores, é evidente que ficaria um registro superficial, porque ninguém consegue fazer isso em 200 páginas. E o livro não tem uma estrutura muito bem definida, tanto que fica complicado encontrar os clubes que você quer.
Abraços