26 setembro 2012

O país do futebol?, edição extra

O título do post, vocês verão, nem tem muita relação com o conteúdo. Mas é que às vezes fico a pensar em retomar a série "O país do futebol?", em cartaz neste blog durante todo o ano de 2011, com 40 capítulos devidamente indicados aí na barra lateral. Acontece que falta o tempo necessário para tal empreitada - a ausência de posts tem a ver com isso - e, acredito eu, a mensagem foi transmitida ao longo de "287 vídeos e 12 fotos de 55 países diferentes" (confiram aqui o resumo da série).

Pois bem, a ideia deste post é indicar três materiais completamente distintos, mas todos eles necessários e relevantes para os propósitos deste blog. Enquanto os dois primeiros são mais pontuais, o terceiro é bastante revelador do que estão fazendo com o futebol.

Vamos lá:

-1. Por ocasião da minha maratona de futebol em Buenos Aires, que resultou nesta matéria da Placar e depois neste guia, muita gente não entendeu o que me levou a abrir mão de jogos da primeira divisão para ver uma partida do Nueva Chicago, da terceira. Eu tentei explicar algumas vezes já, inclusive nos capítulos 2 e 26 da série, mas só se entende mesmo depois de conhecer in loco a hinchada de Mataderos. Agora é o caso de recomendar uma situação que não necessariamente diz respeito à torcida, mas sim aos jogadores.

O jogo em questão é Sarmiento 1-0 Nueva Chicago, pela Nacional B, a segunda divisão da Argentina. Um torcedor do Sarmiento invade o campo e, situação comum por lá, tenta tomar uma faixa da torcida visitante. O resto pode ser visto abaixo:

 

Pergunto: alguém aí consegue imaginar os vagabundos jogadores brasileiros fazendo isso?

E já que o tema é Nueva Chicago, me sinto obrigado a compartilhar outro vídeo recente, com os imperdíveis minutos finais de Chacarita 1-1 Nueva Chicago, o duelo que, poucos meses atrás, selou o acesso do clube de Mataderos para a divisão superior:




-2. Não há imagens disponíveis ainda, mas a notícia é esta aqui: "Cerca de mil torcedores do time egípcio Al-Ahly invadiram nesta terça-feira estúdios de televisão situados nos arredores de Cairo para protestar contra comentaristas esportivos que costumam criticá-los.". Sei lá, vou evitar comentários adicionais, mas os leitores mais atentos deste blog sabem bem o que eu penso da situação toda. E, no caso específico do Egito, há um componente político que torna tudo mais complexo.


-3. Hillsborough. Se existe hoje a aberração que conhecemos como "futebol moderno", muito se deve à tragédia ocorrida no estádio de Hillsborough, em Sheffield. 23 anos depois, a fraude veio à tona - e ganhou destaque no mundo todo. Mais não vou escrever, porque houve quem fizesse isso com mais propriedade e competência. Em sendo assim, vou recomendar alguns textos que devem ser lidos por todos aqueles que vivem o futebol de verdade. São estes:

"Fraude no episódio que mudou a face do futebol mundial", por Irlan Simões no blog Outras Palavras

"Hillsborough", texto de Kennet Maxwell na Folha de S.Paulo

"Hillsborough papers: Cameron apology over 'double injustice'" e "Hillsborough disaster and its aftermath", ambos textos muito elucidativos da BBC (em Inglês)

"The full story of Hillsborough may finally be told", de um blog esportivo do The Guardian (também em Inglês)

Enfim, cuidado com o que sai na imprensa esportiva (em especial quando se trata torcidas e estádios). E cuidado com aqueles que querem transformar o futebol em algo que está longe de ser a vocação do esporte popular.

Segue o jogo.

###

Créditos: Ivan Bianchin (que me mandou o vídeo do Nueva Chicago), Beto - J.H. Venturini (que me passou o link dos ultras egípcios) e Ademir Castelari e Caio Filardi (que me fizeram parar para indicar aos leitores a indispensável história de Hillsborough).

20 comentários:

Luiz Fernando Sanchez disse...

Bem lembrado Barneschi,a revelação dos relatórios reais da tragédia de hillsborough foi um cala boca nos reaças e Flávios Prados da vida que acham que a polícia sempre tem razão em tudo e ficam chupando o pau da PM e afins,se na Inglaterra que é um país civilizado(ou não?!) um relatório é alterado dessa maneira imagina no Brasil onde temos uma corrupção policial q nos enoja a cada dia

Sujiro a todos que leiam essa matéria da revista Caros Amigos,pra ver como agem esses valorosos homens de farda:


http://carosamigos.terra.com.br/index/index.php/component/content/article/207-revista/edicao-186/2519-em-cada-batalhao-da-pm-tem-um-grupo-de-exterminio-por-tatiana-merlino



Forza Verde disse...

Sempre um prazer e uma honra colaborar e participar meu caro Barneschi.

Abbracci!

André Roxa disse...

Grande Barneschi! Belo Texto!

Esse vídeo dos ultimos minutos do jogo me fez lembrar de uma música do Flicts, "Lá se vai o campeonato"

hahahahha

Bruno Lauria disse...

Pelamor de Deus! Esse vídeo Chacarita x Nueva Chicago é emocionante e desesperador demais.

Arrepia...

E o coitado do técnico? Quase infarta na beira do gramado...

Anônimo disse...

Quer desconversar, porra?!

Por que não fala sobre a situação do clube?

Barneschi disse...

Cada um que me aparece...

Ptks disse...

Cara, eu fico muito preocupado com a situação do futebol atual. Será que não dá pra fazer nada? Eu, realmente, tenho medo de chegar um dia em que eu vou ser obrigado a assistir jogo sentado, sem poder cantar e xingar.

É engraçado como a mesma emissora imunda que é a favor da elitização e adestração do torcedor, faz campanhas hipócritas para torcedor ir ao estádio.

Seja como for, sabadão estarei na arquibancada verde torcendo pelo Verdão!

Marco disse...

O fato de a verdade sobre a tragédia de Hillsborough vir à tona só 23 anos depois é uma outra tragédia por si só. E lamentável a atuação do The Sun, os veículos de mídia possuem um poder de estrago imenso, deveriam pagar caro por uma cobertura tão grotesca.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rafael-DF disse...

O maior exemplo dessa história toda é q graças a mobilização da torcida do Liverpool é q reabriram as investigações.
Parabéns a resistência.

Anônimo disse...

Boa tarde Barneschi, sou socio mas sempre estou presente nas velhas e conhecidas arquibancadas, sei o quanto a midia predatoria rotula de marginais os autenticos torcedores do futebol , na maioria destes argumentos ha uma evidente falta de contesto no que abrange o sentido mais puro do futebol, A TORCIDA, fator de enriquecimento de dirigentes ladrões sem que possamos ainda nada fazer.
Leio sempre o FORZA PALESTRA, pois sou partidario das ideias e motivos que sempre são a força que move o futebol a mais de cem anos,afinal lugar de bunda mole e no sofa de casa tomando chá , imaginem um torcida que canta vibra e xinga os noventa minutos, ainda ha idiotas que se esquecem dos torcedores que pagam para ver o jogo e são tratados como imbecis.
Na Nova Arena, ainda ha duvidas sobre a possivel implantação do sistema alemão STEHPLATZ, que propicia aos torcedores assistirem os jogos em pé , formando uma massa torcedora que incentiva e incendeia a equipe e demais setores mais elitizados da Nova Arena, pois creio que Walter Torre Junior, ainda possa implantar o sistema que tera mais nove mil torcedores no estadio incentivamdo o Palmeiras, fato concreto.
Claudio Longo!
Parbens pelo FORZA PALESTRA, uma leal midia ao torcedor autentico!

Anônimo disse...

Boa tarde Barneschi, gostaria de saber se ha possibilidade dos retornos das bandeiras nas torcidas uniformizadas , ja que ha permissão das faixas, pois ainda tenho um pavlhão de 15 m2 verde com o emblema do Palestra Italia e Palmeiras , que tentei entrar no pacaembu e os coxinhas impediram alegando ser grande e não tendo autorização do comando da PM (Pouca Merda),um absurdo que ao tentar argumentar com alguns do comando do Choque quase me enquadram por desacato a autoridades.
Claudio Longo!

Barneschi disse...

Claudio Longo,

Considero muito pouco provável a possibilidade de liberarem as bandeiras de mastro nos estádios. A proibição já não é exclusiva de SP e se estende a outros estados. Por aqui só o que acontece é inventarem novas proibições. Pode esquecer.

Abraços

Geraldo Batista disse...

Grande Barneschi, segue o link de um belissimo texto que fala do maldito futebol moderno, o texto remete ao jogo entre o Juventus x Linense em 2007, e ate tras o documentario "Juventus Rumo a Toqui".

http://espn.estadao.com.br/post/283878_acabem-com-o-futebol-e-abram-um-estacionamento

Fabio Moraes disse...

Mais um grande post...Forza Palestra é leitura obrigatória pra todo verdadeiro palmeirense e até pra torcedores de bom senso de outras agremiações...pra quem ainda não entendeu a idéia desse blog é preservar a alma do futebol: O TORCEDOR!!!
Toda a organização, autoridade, jogador, dirigente, jornalista , toda pessoa física ou jurídica que toma qualquer ação, por menor que seja, que vai de encontro aos interesses ao cerne do futebol, repito, O TORCEDOR, deve ser colocado na berlinda de forma que jamais repita o mesmo erro e se repetir deve ser colocado à margem da sociedade...
Parabéns á todos que fazem deste um dos melhores blogs de torcedor do Brasil, até nos momentos de extremismo a emoção é tão sincera na preservação daquilo que apaixona que mesmo o mais sensato dos sensatos, e exatamente por isso, não vai deixar de entender o ódio domina nossos corações de tempos em tempos.

Rafael-DF disse...

Barneschi, o globoesporte.com lançou um infográfico sobre as médias de público desse brasileirão.
Acho q da pra fazer umas análises legais. Da uma olhada ai.

http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-a/publico-brasileirao.html

Forza Verde disse...

Vou perguntar educadamente: qdo é q os FILHOS DA PUTA responsáveis em defender o PALMEIRAS vão tomar atitudes de homem?

http://migre.me/aU84u

Anônimo disse...

nao sei porque, mas lembrei dos amigos palmeirenses nesta notícia

http://www.foxsports.com.br/futebol/66111-falsa-bomba-e-deixada-em-ct-do-zenit-com-fotos-do-brasileiro-hulk

hahaha

grande abraço
gabriel uchida

Beto - J.H. Venturini disse...

Obrigado pela citação no texto sobre os ultras egípcios. Mas pegando esse exemplo, será q não vai restar outra opção a não ser algo parecido com isso para a nossa torcida?
Veja q o lixo da FPF, via Del Nero, proibiu a TUP de entrar no estádio!!E pra piorar ainda mais, o lixo do MP do Rio de Janeiro, proibiu a Mancha Verde de entrar nos estádios do estado do RJ devido a confusão q envolveu, olha só, as galinhas pretas no último jogo entre os gambás e o Botafogo!! A Mancha entrou de gaiato nessa.
Ninguém faz nada e nossa torcida é sufocada cada vez mais. Perseguição pura e acho q o q vai ocorrer são medidas extremas a serem tomadas.
Abs

CIOL, Felipe disse...

Barneschi, o que achou do trabalho dos valorosos ontem, impedindo o corredor que queriam fazer pra chegada do onibus do time?